domingo, 8 de maio de 2011

Sinal dos tempos...

Fala pessoal, antes que digam algo, sim, eu sumi! Sacumé, tô na correria com a facul, trabalhos e mais trabalhos para fazer e quando chega fim de semana, só quero o colinho da minha namorada. He he. Como vocês podem ver, o tempo para o blog tá cuuuurtinho, mas peço paciência a vocês que tudo vai se normalizar, eu prometo.

Aproveitando o gancho, hoje eu estava comentando com meu primo Vítor a respeito do tempo. É incrível, quanto mais passam os anos, mais aumentam as responsas e menos tempo a gente tem para as coisas. Para vocês terem uma idéia, em sete dias de semana, só vejo minha namorada em dois deles. Também tem o meu pai, que vive a viajar na maluca escala 15X21, ou seja, fico quinze dias sem ver meu pai. Minha irmã também entra na lista, só a vejo de fim de semana, também tem um amigo que conheço há dez anos que a gente não se vê há dois e.....ah, chega!

Se formos ver, a gente dedica muito mais tempo para nossos trabalhos, faculdades e afins do que para o que a gente realmente quer, infelizmente a vida é assim. Só que temos que saber dosar, para que não dediquemos tempo demais para nossas faculdades e trabalhos e tempo "demenos" para nossos amigos, namoradas, família. Como diz a música "Dust in the Wind" do Kansas, tudo o que fazemos se vai com a poeira do vento, não dando para recuperar depois, portanto, se não dermos assistência às pessoas que gostamos, poderemos perdê-las e não mais recuperá-las. Por isso, é sempre bom deixar as pessoas com palavras bonitas, pois pode ser a última vez que a vemos, por causa desse maldito tempo corrido! Do que vale entregar o trabalho em dia e não ter ninguém para comemorar depois? É uma coisa a se pensar...

Para finalizar o texto, gostaria de agradecer ao meu primo Vítor, que, sem dúvida, me deu grande parte das idéias aqui do texto e também me sugeriu este tema, devido ao fato de estar na correria devido ao seu TCC. Vitão colaborou para que o blog não falisse, valeu garoto e boa sorte pra você na faculdade!

Obrigado mais uma vez pela audiência, pessoal!

4 comentários:

  1. poizé pedrão....a vida é assim
    nunca temos tempo pra nda! =/

    ResponderExcluir
  2. Muito bom Pedro! (e Vitor, kkk)
    Pare e pense: Hoje já é dia 09 de maio... cara, já estamos praticamente na metade do ano!

    Não, o tempo não está passando mais rapido, está igual, nossa vida que está cada dia mais corrida e como você disse, temos cada vez menos tempo para nós mesmos!

    Infelizmente acabamos dando mais prioridades as ansiedades da vida e acabo esquecendo de priorizar o que realmente importa: As pessoas que amamos!

    Parabens pelo texto! :)
    Ahhh, um detalhe: Eu ri muito do momento cute cute, kkkk :D

    ResponderExcluir
  3. Hahahahah....valeu pelo comentário, John. Tá sumido ein, cara? Abração

    ResponderExcluir
  4. Estava pensando nisso esses dias em relação a uma pessoa.

    Ela dedica muito do seu tempo para o trabalho, faculdade, cursos e esqueçe até de si mesma, podendo até gerar problemas físicos e mentais no futuro. Pra você ter uma ideia; ela não dorme mais do que quatro ou cinco horas por dia.

    Eu por exemplo, não deixo as ansiedades da vida virem antes do que as pessoas que mais me importo, pois se não tiver ninguém com quem compartilhar depois, não valerá tanto a pena nossos esforços.

    Se lembra do filme "Click"? Neste, a personagem de Adam Sandler dedica todo seu tempo para seu trabalho e esqueçe da família e no final, quando seu filho adia sua lua-de-mel para uma viagem de negócios, ele o fez prometer em seu leito de morte que iria viajar com sua esposa e deixar o trabalho de lado.

    Sinceramente, nunca iria ser capaz de esqueçer das pessoas por conta de tempo corrido. Sempre arranjo um tempinho para elas.

    ResponderExcluir